Blog

Até que o tempo passa rápido!
16/08/2012


Parece que foi ontem quando recebi o comunicado da UFRN que o pessoal do SOS MATA ATLÂNTICA estava procurando monitor para um projeto que estaria chegando a Natal no outro mês. Eu gosto de ajudar e achei que seria uma boa oportunidade de fazer algo diferente do que estava acostumado (tartarugas). Inicialmente enviei o email mas sem grandes esperanças,sabe? Mas eu achava que iam me chamar… Enviei o email e nada de resposta… Enviei outro perguntando se já tinham alguma resposta e o que recebi de volta foi algo como “você está no projeto”!

Caramba, eu tava dentro! E agora? Como seria o trabalho? E se eles forem chatos? Se forem mandões? E se fossem do tipo que escraviza o estagiário / voluntário? E se??? Nada disso. A equipe do SOS Mata Atlântica é super simpática e alto astral. Nao tem essa de ser chefe, todos fazem o trabalho pesado da mesma forma, seja limpando, arrumando ou pegando coisas pesadas. Todo mundo faz a mesma coisa. Ninguém pega leve só porque é “chefe’ ou está a mais tempo. Isso é bacana!

Logo de cara recebi as orientações necessarias da Keiko sobre a exposição e de como eu deveria fazer a apresentação. Anderson, Daniel, Nadine e Romilda passaram todas as outras informações necessárias e fomos à luta!

Sempre digo que acabo aprendendo mais do que ensinando e cada vez que faço a apresentação da exposição aprendo um pouco mais, seja em um comentário do visitante ou em uma pergunta. Essa troca é algo mágico. Hoje mesmo eu fiquei muito feliz com a resposta de uma menina:

- Gostou do que viu?
- Sim, muito.
- Você me pareceu muito interessada na explicação, você gosta de Biologia?
- Gosto sim!
- Vai querer ser Bióloga quando crescer?

- Não, Oceanógrafa.

E ela deveria ter no máximo 7 anos. Que legal a vida assim né gente?

Leo
Monitor da exposição itinerante em Natal

 


Tags

Compartilhe

Comentários