Clickarvore

Clickarvore
08/06/2012


Com uma ampla rede de parceiros, como viveiros de mudas, empresas patrocinadoras, ONGs e, principalmente, internautas e proprietários de terras da Mata Atlântica, o Clickarvore promove a recuperação da floresta com a participação direta dos cidadãos.

A ideia do programa, baseado nesta rede de parcerias, nasceu em 2000 com a união da SOS Mata Atlântica, do Instituto Ambiental Vidágua e do Grupo Abril, para estimular as pessoas a plantarem mudas pela internet. Nesses 12 anos, mobilizou e envolveu milhões de internautas para o plantio de espécies nativas da Mata Atlântica, tendo atingido a marca de 27 milhões de mudas doadas em 2012, ou mais de 13 mil hectares restaurados.

Para funcionar, o Clickarvore aposta na restauração florestal que visa recuperar a integridade ecológica dos ecossistemas, usando espécies nativas e adequando-se a ocorrência regional das espécies e às caractetísticas locais. Assim, um fator estratégico do programa é a seleção das áreas de plantio, que além de Reservas Legais e Áreas de Preservação Permanente (APPs), devem ser importantes para a conservação da pagua e a conectividade entre fragmentos.

Os maiores objetivos do Clickarvore são: apoiar as iniciativas locais de restauração de áreas, por meio do fomento e doação de mudas de árvores nativas da Mata Atlântica; fomentar a coleta de sementes florestais e a produção de mudas; contribuir com a restauração de APPs, o controle dos processos erosivos e o controle do assoreamento dos corpos d’água, e formar corredores biológicos entre os diferentes fragmentos florestais; mobilizar a sociedade civil para participar de projetos de restauração florestal.

Além disso, as ações promovem o empreendedorismo e geram trabalho e renda em viveiros florestais e nos processos de plantio das mudas; finalmente, promovem a capacitação de técnicos, especialistas, agentes comunitários, professores e mão de obra para trabalho com restauração florestal, fortalecendo uma ampla rede de apoio à recuperação do bioma.


Compartilhe