Projetos Anteriores

Estrada Parque
06/06/2012


Ao integrar lazer, turismo e desenvolvimento socioambiental à preservação dos recursos naturais, o modelo de Estrada Parque desenvolvido pela SOS Mata Atlântica soma conquistas desde seu lançamento, em 1996. Hoje, a Fundação possui duas Estradas Parque implantadas, em Itu, interior de São Paulo, e no Guarujá, na Serra do Guararu (SP).

Elas funcionam como um museu de percurso, pois permitem a sensibilização dos visitantes com a conservação de áreas de grande importância natural e cultural ao atravessar remanescentes florestais preservados e ricos patrimônios histórico-culturais.

As atividades vão de práticas de educação ambiental e voluntariado até a capacitação e apoio à gestão participativa local.

Na Estrada Parque de Itu, a primeira reconhecida oficialmente no país, busca-se a proteção de um dos últimos remanescentes de Mata Atlântica da bacia do Médio Tietê, na Área de Proteção Ambiental Rio Tietê e Cabreúva-Jundiaí, onde também se localiza a chamada Rodovia dos Romeiros (SP-301), símbolo de peregrinação regional. Já na Estrada Parque da Serra do Guararu, entre o Perequê e o Canal de Bertioga, o cenário se compõe de praias, manguezais, patrimônio arqueológico e o trecho de Mata Atlântica mais preservado do município.

Entre os frutos desse trabalho, a Fundação recebeu o Prêmio Senac de Turismo Ambiental e, em 2004, lançou o livro “Estrada Parque – Conceitos, Experiências e Contribuições”, que sistematizou o trabalho desenvolvido.

A participação do Voluntariado da SOS Mata Atlântica também é grande, em mutirões ambientais, no plantio de mudas e na mobilização dos grupos locais na Serra do Guararu.


Compartilhe