Rede das Águas

Rede das Águas
29/05/2012


A Rede das Águas, programa de mobilização e monitoramento dos recursos hídricos da Fundação SOS Mata Atlântica, dedica-se a promover a mobilização social para a gestão participativa e integrada entre água e florestas, com atuação focada em bacias hidrográficas. Para isso, dissemina metodologias, promove educação ambiental e reúne os projetos da Fundação relacionados ao tema, além de influenciar políticas públicas.

Esse esforço nasceu com a criação do Núcleo União Pró-Tietê, a partir da campanha pela despoluição do Rio Tiête, em parceria com a Rádio Eldorado, que no ano de 1991 reuniu 1,2 milhão de assinaturas em um abaixo-assinado entregue ao Governo do Estado de São Paulo. Até hoje, a Fundação monitora, com indicadores de percepção da sociedade, a evolução do Projeto de Despoluição do Rio Tietê, por meio do “Observando o Tietê”. A terceira etapa do Projeto Tietê, iniciada em abril de 2011, conta com o monitoramento e mobilização da SOS Mata Atlântica visando o controle social do projeto.

As atividades de educação ambiental em torno das águas também se dão no projeto “Observando os Rios”, composto por kits de monitoramento da qualidade da água, utilizados hoje por mais de 300 grupos de monitoramento de água no Rio Tietê e outras bacias hidrográficas, em dez Estados do Bioma. E, além do monitoramento permanente nas bacias de dez Estados, em 2011 foram realizadas coletas pontuais em rios de 17 Estados por meio das exposições “Sua Mata, Sua Casa” e “A Mata Atlântica é Aqui – Exposição Itinerante do Cidadão Atuante”.

A Rede das águas também desenvolve o “Água das Florestas” e o “Água de Viver”. O primeiro, em parceria com o Instituto Coca-Cola, tem o objetivo de recuperar as margens de rios e matas ciliares para conservar a água e promover o sequestro de carbono, com foco na bacia do Piraí, abrangendo Jundiaí, Cabreúva, Indaiatuba, Salto e Itu. O segundo é desenvolvido em parceria com a Natura, e visa monitorar rios e corpos d´água da região Sul do país, com mais 63 pontos de coleta, envolvendo as comunidades locais. Divididos por municípios, os grupos são organizados por Consultoras da Natura, que reúnem crianças, comunidades e entidades sociais para as coletas e análises da água.

Além de todas essas ações, o Rede das Águas promove cursos, campanhas e eventos, como a “Praia do Tietê”, que simula um cenário de praia às margens do rio, e as intervenções anuais em homenagem ao Dia do Tietê, em 22 de setembro. Em conjunto com a Rede Globo, o programa também realizou a II Expedição Rio Tietê, com o projeto Flutuador.


Compartilhe