Notícias

Newsletter

Acompanhe as novidades e fique sempre informado sobre nossos eventos

Campanha Dá Pé realiza plantio no Parque Nacional da Tijuca
20/12/2016


A segunda edição da campanha Dá Pé realizou no dia 18/12 um plantio de 1000 mudas de árvores nativas da Mata Atlântica no Parque Nacional da Tijuca, no Rio de Janeiro. Cerca de 100 pessoas participaram deste que foi o segundo plantio da segunda edição da campanha – o primeiro foi realizado uma semana antes, em Taubaté (SP).

O crowdfunding, iniciado no Dia da Árvore e encerrado em dezembro, teve o objetivo de arrecadar recursos para plantio de até 20 mil mudas de árvores e restaurar florestas eternas. A campanha é realizada pelo programa “Um Pé de Quê? – criado e produzido pela Pindorama Filmes e Canal Futura – em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica -, e tem à frente do projeto o cineasta Estevão Ciavatta e a apresentadora Regina Casé, que estiveram presentes ao plantio.Plantio Tijuca Dá Pé Dez 2016 9

Os participantes se encontram no Centro de Visitantes do Parque e, após uma trilha de 20 minutos pela mata, chegaram ao local de plantio. Foram plantadas espécies como o ipê rosa, o ingá, a embaúba, o jequitibá branco e o angico vermelho. A ação contou com a participação de muitas crianças, algumas delas plantando uma árvore pela primeira vez na vida.

A área do plantio é uma área muito interessante, inclusive próxima à Cascatinha do Parque, porém muito impactada ao longo do tempo, por fatores como o efeito de borda – que é o impacto da vegetação exótica no entorno – como por incêndios. Portanto é uma área mais degradada se comparada a outras áreas do Parque com floresta mais fechada. Trata-se de uma área mais aberta, com a vegetação em processo de recuperação, portanto não tem muito sub bosque, não tem bromélias, tem muito capim, especialmente o capim-navalha, uma espécie invasora, oportunista, que costuma avançar após incêndios, tomando o lugar das espécies nativas e reduzindo a diversidade. Então é uma área que tem poucos pássaros, poucas árvores frutíferas, poucos animais, e com esse plantio, vamos ajudar a aumentar a diversidade de espécies na área, para que a floresta volte a ficar mais rica e animais como os pássaros e mamíferos voltem a frequentar a área (explica João Felipe Martins, Analista Ambiental do Parque Nacional da Tijuca).

Marcia Hirota, diretora executiva da Fundação SOS Mata Atlântica, reforça a importância das parcerias envolvidas: “é um marco relevante para a Fundação realizar este plantio ao fim de 2016, ano de nosso 30° aniversário, com os amigos da Pindorama Filmes, que com a campanha Dá Pé tem nos ajudado a restaurar importantes áreas de Mata Atlântica; da equipe do Parque Nacional da Tijuca – ICMBio, outro parceiro importante da Fundação e dos Associação Amigos do Parque”. Ela complementa que a SOS Mata Atlântica está implementando, em conjunto com Bradesco Cartões, ICMBio, EY e Amigos do Parque, o projeto Parque Nacional da Tijuca: Horizonte 2030, “uma iniciativa para construir uma visão de longo prazo para o fortalecimento e a sustentabilidade desse que é um dos Parques Nacionais mais emblemáticos e importantes do Brasil. Então esse plantio é muito gratificante para a Fundação e um encontro de importantes parcerias”.

Mario Mantovani, diretor de políticas públicas da Fundação SOS Mata Atlântica, destaca o caráter inovador da iniciativa: “O crowdfunding é mais uma forma pela qual a sociedade pode contribuir com a proteção da Mata Atlântica, que tem funções tão importantes como a qualidade do ar, proteção de rios, abastecimento de água e o bem-estar das pessoas”, afirma.

Frutos da 1a edição da campanha

A primeira edição da “Dá Pé” atingiu 100% a meta de arrecadação e reflorestou 1,33 Km de matas ciliares do Rio Una, na bacia do Rio Paraíba do Sul, que abastece os estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Ao todo, 20 mil mudas de árvores foram plantadas entre dezembro de 2015 e março de 2016, período propício para o cultivo, com supervisão da SOS Mata Atlântica.

Além disso, parte do compromisso da campanha era disponibilizar o conteúdo do programa “Um Pé de Quê?” apresentado por Regina Casé há mais de 16 anos no Canal Futura na integra na Web, via canal no Youtube https://www.youtube.com/c/umpedeque-oficial. O programa possui mais de 138 espécies retratadas, onde cada árvore é a estrela de um episódio.

O programa “Um Pé de Quê?” tem uma parceria de mais de 11 anos com o Jardim Botânico de Rio de Janeiro, com a Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Plantarum. O Um Pé de Quê? está na TV, na web e nos livros, cujo volume Pau Brasil foi adotado pelo Plano Nacional do Livro Didático.


Tags

Compartilhe

Comentários

  • Sergio Tulio Lavarini

    Gostaria que a Fundação SOS Mata Atlântica avaliasse a possibilidade de fazer uma versão da campanha Dá Pé aqui na região metropolitana de BH. Tenho conhecimento de muitas pessoas que abraçariam essa causa com muito entusiasmo.

    • http://www.sosma.org.br/ Fundação SOS Mata Atlântica

      Olá, Sergio, agradecemos a sugestão!

  • Wesley Alves

    A Floresta Nacional do Araripe pertence a mata Atlântica? A Chapada do Araripe abrange uma área que pega os estados do Ceará, Pernambuco e Piauí. Apenas uma pequena área da chapada é protegida e o restante foi muito desmatado ao longo do tempo. Seria interessante o projeto Dá Pé fazer uma campanha por lá, arrecadando da própria população local.