Notícias

Newsletter

Acompanhe as novidades e fique sempre informado sobre nossos eventos

Salve a Ilha do Mel, no Paraná
20/02/2018


Participe da campanha #SalveaIlhadoMel e pressione o Governo do Paraná contra a construção de um porto e a destruição da Mata Atlântica na região da Ilha do Mel

Apesar das manifestações da sociedade civil contra o projeto denominado “Faixa de Infraestrutura”, que contempla um conjunto de obras logísticas em Pontal do Paraná, no Litoral do estado, o governo atropela regras para aprovar as obras que destruiriam a Mata Atlântica com a instalação de um porto privado em frente à Ilha do Mel – tombada como patrimônio histórico do Paraná – e a construção de uma rodovia que, só para ser feita, derrubaria cinco milhões de metros quadrados de Mata Atlântica. Isso na região que concentra a maior e última porção do bioma em bom estado de conservação no Brasil. A construção comprometeria de forma decisiva os mangues da região.

O porto e a estrada são duas das obras previstas pelo projeto, que também contempla um complexo com gasoduto, linha férrea, ramal ferroviário e até uma possível termelétrica. Se realizadas, as intervenções previstas provocariam, ainda, irreversíveis impactos sociais e ambientais à região. Diversos problemas relativos à cidades portuárias passariam a definir o dia a dia dos moradores de Pontal e Ilha do Mel, comprometeriam drasticamente a vocação turística do litoral do estado e violariam comunidades tradicionais que sobrevivem da pesca artesanal e ocupam a região há séculos. Sem falar nos prejuízos à biodiversidade, que seriam incalculáveis.

Apesar disso, o Governo do Paraná pretende lançar o edital de licitação das obras às pressas, até março deste ano. Incontáveis questionamentos da sociedade civil ainda permanecem sem resposta e, até agora, diversos setores da sociedade não foram considerados no debate sobre as melhores alternativas para uma região enorme potencial turístico.

Apoie essa causa e pressione o Governo do estado contra a construção desse  complexo industrial que não mensura prejuízos ambientais e sociais. Acesse www.salveailhadomel.com.br, entenda melhor a polêmica e fale com o poder público. Ele precisa te escutar. Mais de 93 mil emails já foram enviados! #SalveaIlhadoMel

 


Compartilhe

Comentários

  • caue moreno

    não consigo enviar o e-mail, fica dando erro