Notícias

Newsletter

Acompanhe as novidades e fique sempre informado sobre nossos eventos

Evento convida mulheres a contarem sua trajetória de luta ambiental
13/05/2019


O debate destacará histórias daquelas que têm feito a diferença para o futuro do planeta

Inspirar mulheres a atuarem na área socioambiental e ocuparem espaços de liderança é o objetivo do evento O protagonismo feminino na Mata Atlântica que reúne cinco mulheres com renomada atuação pela conscientização ambiental no Brasil, no próximo dia 14, das 18h30 às 22h, na Unibes Cultural. O evento é gratuito e as inscrições devem ser feitas neste link.

Participam do evento: Fernanda Cortez, ativista ambiental criadora da plataforma Menos 1 Lixo, apresentadora e, desde 2017, defensora da ONU Meio Ambiente Brasil na Campanha Mares Limpos; Luciana Sonck, socióloga e fundadora do Projeto 225, empresa de consultoria que atua com desafios socioambientais e políticas públicas; Luciana Travassos, arquiteta urbanista (FAU/USP), mestre e doutora em Ciência Ambiental (PROCAM/USP) e docente do Bacharelado em Planejamento Territorial e da Pós-graduação em Planejamento e Gestão do Território na Universidade Federal do ABC (UFABC); Mariana Belmont, jornalista, ativista política e integrante do movimento Ocupa Política; e Marina Klink, fotógrafa e palestrante que realiza expedições para registrar a natureza nas regiões mais remotas do planeta.

“As medidas socioambientais precisam contemplar também a visão, as necessidades e os direitos das mulheres. Afinal, não haverá futuro sustentável em nenhum lugar do mundo, incluindo a Mata Atlântica, com silenciamento do protagonismo feminino“, afirma Marcia Hirota, diretora-executiva da Fundação SOS Mata Atlântica.

Alguns dados da Organização das Nações Unidas (ONU) evidenciam, entre outras coisas, como a falta de acesso a recursos financeiros e à educação de qualidade, por exemplo, fazem com que meninas e mulheres estejam mais expostas a catástrofes, secas e outros efeitos da mudança do clima.

As participantes deste painel comprovam o papel fundamental e direito que as mulheres têm em ocupar espaços de decisão e diálogo, seja na comunicação e na política, por exemplo, inspirando assim outras lutarem por seus direitos e para que a sociedade busque o diálogo, cooperação e igualdade de participação.

O painel Protagonismo Feminino faz parte das atividades do Viva a Mata 2019, evento que celebra o Dia da Mata Atlântica (27/05) e a importância desta floresta para a conservação da biodiversidade, ao desenvolvimento socioeconômico do país e para a saúde e bem-estar da população.

O Viva a Mata 2019 conta com o apoio de Bradesco Cartões, Colégio Dante Alighieri, Globo, Latam, Unibes Cultural e das secretarias Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente e Municipal do Verde e do Meio Ambiente.

Protagonismo feminino na Mata Atlântica
Quando: 14 de maio de 2019, das 18h30 às 22h
Onde: Unibes Cultural – Auditório
Endereço: Rua Oscar Freire, 2500 – Sumaré, São Paulo – SP
Ao lado do metrô Sumaré – opte pelo transporte público
Informações e inscrição: https://www.sosma.org.br/projeto/viva-a-mata/viva-mata-2019/o-protagonismo-feminino-meio-ambiente/
Evento aberto e gratuito
Necessário inscrição prévia


Compartilhe

Comentários