Notícias

Newsletter

Acompanhe as novidades e fique sempre informado sobre nossos eventos

Manifesto chama a atenção aos riscos para a agenda socioambiental no atual governo federal
17/06/2019


Fundação SOS Mata Atlântica lembra antiga campanha da década de 1980 ao destacar que “continuam tirando o verde da nossa terra“

Neste Dia do Meio Ambiente (05/06), a Fundação SOS Mata Atlântica lança manifesto para evidenciar os riscos para a agenda socioambiental no atual governo federal. Com o título “O que mata a mata?“, o filme lista uma série de fatos no Brasil que podem não apenas degradar o meio ambiente, mas colocar em risco a população do país. Em alusão à famosa campanha da década de 1980 que deu origem à marca da instituição, o manifesto afirma “Continuam tirando o verde da nossa terra“.

Leia abaixo o texto completo do manifesto:

O Brasil entrou numa fase de mudanças decisivas.

Para o meio ambiente, mudanças na regra do jogo podem levar a Mata Atlântica e importantes áreas e patrimônios naturais a uma desastrosa eliminação.

Mas, afinal de contas, o que mata a mata?

Desmatamento ilegal, mata.

Poluir nossos rios e mares, mata.

Reduzir a fiscalização, mata.

Afrouxar leis ambientais, mata.

Enfraquecer o Ibama e ICMBio, mata.

Flexibilizar a aplicação de multas por danos ambientais, mata.

Leiloar blocos de petróleo em ecossistemas importantes, mata.

Impedir a participação social, mata.

Não refletir sobre isso, mata.

Não se engajar nessa luta, mata.

Se você quer que a preservação do meio ambiente continue no jogo, pegue a sua bandeira e entre em campo.


Tags

Compartilhe

Comentários