Notícias

Newsletter

Acompanhe as novidades e fique sempre informado sobre nossos eventos

Não vote em quem votou contra as florestas
03/09/2012


Floresta Faz a Diferença lança nova fase da campanha com o mote “Não vote em quem votou contra as florestas”

Objetivo é alertar a sociedade para que candidatos às prefeituras que no último ano desfiguraram o Código Florestal no Congresso não fiquem impunes

O movimento Floresta Faz a Diferença lança um novo capítulo para a batalha contra o retrocesso ambiental enfrentado pelo Brasil: a campanha “Não vote em quem votou contra as florestas”. A iniciativa popular alerta a sociedade e a opinião pública para os parlamentares que votaram a favor da nova lei que estimula o desmatamento e anistia quem cometeu crimes ambientais.

O objetivo da ação é pendurar na conta dos pretendentes aos cargos eletivos o custo de seu voto. Para marcar essa iniciativa, o Floresta Faz a Diferença convoca os cidadãos eleitores a acompanhar pelo site o status dos candidatos a próxima eleição.

Um mapa do Brasil com a lista dos 83 candidatos que participaram da votação do Código Florestal foi publicado no site www.florestafazadiferenca.org.br. O internauta poderá clicar em seu Estado e verá, em sua cidade, quando for o caso, todos os concorrentes, com fotos, legendas dos partidos e histórico de votação: receberão cartão vermelho, amarelo e verde, conforme seu posicionamento nas votações. A lista serve como um guia ao eleitor na escolha dos seus prefeitos. A campanha conta, como sempre, com a força da divulgação nas redes sociais e, portanto, será divulgada também no facebook.com/florestafazadiferenca e no Twitter @florestaz.

A iniciativa é uma alternativa para os brasileiros que acreditam ser fundamental preservar o meio ambiente. Com criatividade, o movimento trabalhou nos layouts de folders, cartazes, cartões e camisas, que podem ser impressos por quem quiser somar à ação. No site do Floresta Faz a Diferença será  possível acessar e fazer o download de todo o material.

“Ainda há esperança para as florestas após o desmonte do Código Florestal e é nosso compromisso mostrar aos políticos que a sociedade está de olho no trabalho feito no Congresso e nos municípios”, declarou Mario Mantovani, diretor de Políticas Públicas da Fundação SOS Mata Atlântica.

 

Floresta Faz a Diferença

À frente da campanha contra a alteração do Código Florestal, a campanhaFloresta Faz a Diferença apoiou o Comitê em Defesa das Florestas na mobilização #VetaTudoDilma, que pediu o veto total da presidente Dilma Rousseff ao projeto do novo Código Florestal. Mais de 200 organizações da sociedade civil de todo o Brasil lideraram esse ato junto a personalidades nacionais. Em seguida, a ação foi levada para a Rio+20 com o mote #OJogonãoAcabou, explicitando que, após o veto pífio da presidente Dilma Rousseff, a bola voltou ao Congresso. E, agora, às vésperas das eleições 2012, o Floresta Faz a Diferença volta repaginado e com fôlego renovado para cobrar o voto consciente dos eleitores.


Tags

Compartilhe

Comentários