ACESSE SUA CONTA

Esqueci minha senha

NÃO POSSUI CADASTRO

Fazendo seu cadastro, você:

marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Uma agenda positiva para 2017

10 de janeiro de 2017

Artigo de Marcia Hirota* – Ao longo dos seus 30 anos, completados em setembro de 2016, a Fundação SOS Mata Atlântica tem construído uma agenda positiva para a Mata Atlântica. Uma atuação inovadora, que valoriza e estimula a mobilização, o conhecimento e o fortalecimento de políticas públicas ambientais eficientes e arrojadas. Compromisso esse que queremos renovar neste início de ano.

A história da defesa da Mata Atlântica é uma história de luta coletiva e cada conquista só foi possível graças à entrega e dedicação de muitas pessoas.

Ainda há muito a ser feito e os atuais contextos políticos e econômicos do Brasil tornam ainda maior o nosso desafio.

Precisamos, com urgência, trazer a agenda ambiental para o centro das decisões do país e que o desenvolvimento aconteça aliado à conservação da natureza.

Por isto, em 2017, continuaremos a monitorar e informar a sociedade sobre a evolução dos indicadores da cobertura florestal, da qualidade da água, das áreas protegidas e da implementação de políticas públicas positivas.

Atentos, daremos continuidade também ao acompanhamento e combate às iniciativas que buscam flexibilizar a legislação ambiental, estimulam o desmatamento ilegal e poluem nossas águas. Buscaremos também inovar, como no estímulo à criação de um marco regulatório para o ambiente marinho e ao cumprimento do Código Florestal, fundamental para alavancar a restauração das nossas florestas e dos serviços ecossistêmicos.

Tudo isto só será possível com o engajamento da sociedade e apoio de todos vocês, parceiros, voluntários, filiados e amigos, fortalecendo nossas alianças para juntos inspirar a sociedade na defesa da Mata Atlântica!

*Marcia Hirota, diretora-executiva da Fundação SOS Mata Atlântica

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ARTIGOS RELACIONADOS