Blog

Exposição interativa “Sua Mata, Sua Casa”, da Fundação SOS Mata Atlântica, chega a Florianópolis
02/11/2011

Com diversas atrações gratuitas e ferramentas interativas e tecnológicas, a mostra chega ao Floripa Shopping em 5 de novembro.

A partir do dia 5 de novembro, a capital catarinense receberá a exposição interativa “Sua Mata, Sua Casa”, que comemora os 25 anos da Fundação SOS Mata Atlântica. A mostra ficará no Floripa Shopping até o dia 30 de novembro, e tem o objetivo de mobilizar a sociedade e conscientizá-la de que a Mata Atlântica está diretamente relacionada ao seu dia a dia. Para isso, conta com ferramentas interativas e atividades gratuitas para todos os públicos. Outro destaque da exposição é o bike repórter, que percorrerá vários pontos da cidade para divulgar a iniciativa e coletar dados sobre a região. A exposição tem patrocínio de Bradesco Cartões e Natura com apoio local do Floripa Shopping.

A abertura oficial está marcada para o dia 5, às 15h, mas o público já poderá visitar a exposição a partir das 10h do mesmo dia. O horário de funcionamento é de segunda a sábado, das 10h às 22h, e, aos domingos e feriados, das 12h às 21h.

Durante a exposição em Florianópolis, os visitantes poderão aprender mais sobre a Mata Atlântica de maneira lúdica e divertida, além de serem ouvidos sobre suas expectativas futuras em relação ao meio ambiente. Os depoimentos serão colocados na “Árvore dos Desejos”, produzida com garrafas PET e embalagens de achocolatado por artistas da Cooperaacs (Cooperativa Social de Trabalho e Produção de Arte Alternativa e Coleta Seletiva), também responsável pelas artes feitas com materiais recicláveis que permeiam toda a exposição. Quem preferir poderá enviar seus desejos pelo twitter utilizando #ARVORESOSMA.

Inspirada nas partes de uma casa, a exposição é dividida por cômodos, onde o público encontra painéis informativos, vídeos e palestras. Esses espaços retratam a atuação da SOS Mata Atlântica e do movimento ambientalista, a situação e curiosidades sobre o Bioma, a degradação ambiental vivenciada nas últimas décadas e, também, indicam o que cada um pode fazer para ter uma convivência mais sadia com o seu ambiente. A cozinha, por exemplo, mostra a riqueza e variedade de frutas e alimentos nativos da floresta. No Túnel da Mata, os visitantes encontram uma parede com pequenos orifícios por onde podem olhar e visualizar imagens de animais emblemáticos do Bioma, além de poderem navegar pelo mapa de remanescentes de Mata Atlântica por meio de uma mesa vertical de touch-screen.

A exposição é acessível a cadeirantes e traz propostas de interação para todas as idades. Grupos de escolas, empresas, associações, entre outros interessados em agendar visitas monitoradas, podem se inscrever pelo e-mail projeto25@sosma.org.br. Mais informações em www.sosma.org.br/blog.

Segundo Marcia Hirota, diretora de Gestão do Conhecimento da SOS Mata Atlântica, este é um momento bastante especial para a ONG, pois celebra todas as conquistas, realizações e aprendizados ao longo desses 25 anos de existência. “Temos muitas histórias para contar em 2011 e estamos comemorando com um projeto inspirador, que dialoga de maneira interativa com pessoas de diversas faixas etárias, que moram na Mata Atlântica. Cada pedacinho da exposição foi pensado para aproximar a sociedade do Bioma, mostrar que essa luta é contínua e que é de todos nós”.

Santa Catarina foi o terceiro estado que mais desmatou a Mata Atlântica nos últimos dois anos. Neste período, apenas neste estado, foram devastados mais de 3,5 mil hectares do Bioma. “Restam hoje no Brasil, menos de 8% de da Mata Atlântica original em bom estado de conservação. A sociedade precisa compreender a importância da proteção das nossas florestas e de seus serviços ambientais e que, se o desmatamento continuar, todos serão prejudicados” Afirma Marcia Hirota, também coordenadora do estudo.

Florianópolis é a décima das 12 capitais que receberão o projeto, que já passou por Fortaleza (CE), Maceió (AL), Salvador (BA), São Paulo (SP), Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Vitória (ES) e Curitiba (PR). Até janeiro de 2012, a exposição interativa percorrerá outras duas capitais inseridas no Bioma, Porto Alegre e Recife. No final do projeto, será elaborado um dossiê com as demandas e manifestações das 12 cidades, que será entregue em Brasília e na Rio+20, em maio de 2012.

Pela cidade

Durante toda a exposição “Sua Mata, Sua Casa”, o bike repórter Fabiano Faga Pacheco, ciclo-ativista local, percorrerá vários pontos da cidade com o objetivo de coletar dados sobre a região, divulgar a iniciativa e saber o que as pessoas esperam para o futuro do meio ambiente local.

As atividades do ciclista começam na quarta-feira (9/11), com a coleta para análise de qualidade da água da Lagoa do Peri. No dia seguinte, Fabiano Pacheco seguirá para o Terminal de Integração Central (TICEN), onde fará entrevistas e trocará informações com a população sobre mobilidade urbana. No dia 13, realizará a coleta de água do Rio Pau de Barro, no Saco Grande, também para análise de sua qualidade. No dia 17, o ciclista estará na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), para entrevistar os estudantes sobre sustentabilidade e atitudes verdes.


Compartilhe

Comentários