Blog

Viva a Mata 2012 divulga programação oficial
02/05/2012

Com mais de 30 atrações programadas e 75 estandes temáticos, o público poderá conferir porque o “Nosso verde também depende do azul”

A partir do dia 18 de maio, o Parque Ibirapuera, em São Paulo (SP), vai ficar azul com as atividades do Viva a Mata 2012. O maior evento brasileiro em prol da Mata Atlântica chega com novidades, destacando a importância da zona costeira e dos ecossistemas marinhos. Serão mais de 30 atrações programadas e diversas outras promovidas nos estandes. Durante três dias, o público poderá participar de palestras, debates, oficinas, exposições, observação de aves, apresentações teatrais e jogos.

A mostra é aberta ao público, gratuita, e acontecerá na Arena de Eventos do Parque Ibirapuera, em São Paulo (SP), entre os dias 18 e 20 de maio, das 9h às 18h. O objetivo do Viva a Mata é promover a troca de informações entre os que lutam pela conservação desta floresta, além de celebrar o Dia Nacional da Mata Atlântica (27 de maio). A cenografia do evento é assinada pelo designer Beto Von Poser e o patrocínio é do Bradesco e da Natura.

PROGRAMAÇÃO

Auditório

18/05 – Sexta-feira
9h – Debate: Pagamentos Por Serviços Ambientais: legislação e iniciativas públicas
10h30 – Debate: Pagamentos Por Serviços Ambientais: iniciativas das ONGs
12h – Debate: Sustentabilidade das Reservas Particulares do Patrimônio Natural – RPPNs
13h30 – Palestra: Desafios da Restauração Florestal
15h – Lançamento das publicações:
— Sociobiodiversidade da Ilha Grande de Santa Isabel-PI: um olhar da comunidade local visando a criação da Reserva Extrativista Cajuí
— Empresas Aliadas da Natureza: as reservas particulares como estratégia ambiental corporativa

19/05 – Sábado
9h – Debate: Estratégias para Conservação Marinha
10h30 – Debate: Turismo em Parques
12h – Debate: Turismo Comunitário
13h30 – Debate: Economia azul e a conservação dos ecossistemas marinhos
15h – Roda de conversa: Planos Municipais da Mata Atlântica

20/05 – Domingo
8h – Observação de aves no parque e palestra
14h30 – Debate: Sociedade civil rumo à Rio +20

Palco

18/05 – Sexta-feira
9h – Abertura do Viva a Mata 2012
10h30 – Música: Grupo Embatucadores
12h – Debate: Criança, a alma do negócio

19/05 – Sábado
10h30 – Teatro: Maria da Mata
12h – Roda de Conversa: Mobilização – Desafios de transformar indignação em ação
13h – Teatro: Comadre Fulozinha
15h – Roda de Conversa: Surf, praia e sustentabilidade
16h30 – Educação Ambiental Rumo à Rio +20

20/05 – Domingo
10h – Mobilização
12h – Aula aberta de Yoga
13h30 – Aula aberta de dança
15h – Orquestra de Tambores Cabuçu

Sala Exposição Itinerante

18/05 – Sexta-feira
13h30 – Oficina: Observação de aves em RPPNs
15h – Roda de Conversa: Produção de mudas, desafios e oportunidades

19/05 – Sábado
10h30 – Roda de Conversa: Plantando Cidadania 10 anos
13h30 – Roda de Conversa: Encontro Livre – Surfando na RIO+20
15h – Roda de Conversa: 15 anos do Programa de Voluntariado da SOS Mata Atlântica
16h30 – Educação Ambiental Rumo à Rio +20

20/05 – Domingo
13h30 – Rode de Conversa: Produtos Sustentáveis
15h – Palestra: Gestão de Organizações do Terceiro Setor

Expositores
Organizações, associações e reservas particulares (RPPNs) de 14 Estados brasileiros já confirmaram presença no evento.  Até o momento, são 75 os expositores que estarão distribuídos pelos 18 estandes do Viva a Mata, divididos em  13 temas – Costa Atlântica, Centro de Experimentos Florestais, Produtos Sustentáveis, Áreas Protegidas, Ações Regionais, Educação Ambiental, Fauna e Flora, Reciclagem, Lagamar, Água, Túnel dos Sentidos, Oficina de Plantio e Empresas pela Mata Atlântica. Entre os expositores confirmados estão organizações como o o Projeto Coral Vivo, o Instituto Mar Adentro e a ONG Ecosurfi.

Visitas Monitoradas
Grupos interessados em agendar visitas monitoradas já podem se inscrever pelo e-mail educacao@sosma.org.br. Podem participar escolas, turmas de faculdades, grupos de igreja, empresas, escoteiros, associações, dentre outros grupos que queiram saber mais sobre a  Mata Atlântica econhecer iniciativas em prol da sustentabilidade.

SERVIÇO
Viva a Mata 2012 – mostra de iniciativas e projetos em prol da Mata Atlântica
Realização: Fundação SOS Mata Atlântica.
Onde: Parque Ibirapuera – Av. Pedro Álvares Cabral – São Paulo/SP
Quando: De 18 a 20 de maio, das 9h às 18h.
Todas as atividades são gratuitas.

 



Compartilhe

Comentários

  • http://www.wix.com/bercoufotos/priscilacouto Priscila Couto

    Estarei lá!!! se precisar de voluntários para trabalhar é só me contatar no e-mail.

  • http://www.unidunas.com.br Unidunas

    Olá Bom dia,

    Eu faço parte da Diretoria da Uniduas- Universiade Livre das Dunas, com sede em Salvador, nosso objetivo e proteger o Parque das Dunas, com uma área de 6 milhões de m2,está situado na borda litorânea de Salvador. O Parque das Dunas está localizado dentro da APA do Abaeté,única árae remanescente de Dunas e Restigas da cidade do Salvador, a nossa instituição tem objetivo social, educacional voltado principalmente para apreservação ambiental.
    Gostaria de convida-los para conhecer nosso projeto, inclusive estamos abrindo nossas instações(salas de aulas e eventos)caso vocês precisem de espaços para eventos em Salvador.

    Atenciosamente,

    Givaldo Reis

    Contos: 71 8851 23666
    71 3036 1399

  • Mônica Tremonti

    Onde posso encontrar o roteiro completo dos caminhões que irão percorrer o país na exposição itinerante

  • http://www.obaudemacau.com Claudio Guerra

    Os motivos são parabenizá-los pelo trabalho e pedir a colaboração na petição:

    Caros Amigos e Amigas,
    A RDS Ponta do Tubarão é pouco divulgada até em Macau e Guamaré aqui no Rio Grande do Norte, onde ela situa-se, mas eu considero que foi uma das coisas mais importantes para a vida no planeta, pois coloca freios na ganancia de alguns poucos que se beneficiam com a riqueza da região sem se preocupar com os nativos. O progresso é bem vindo, mas não para prejudicar os que moram na região. Muitas vezes tem sido assim em Macau e Guamaré: a empresa ou a pessoa chega, usa, abusa e desfruta da amabilidade e do bom acolhimento do povo e depois “dá uma banana” prá todo mundo e não deixa nada na região. Eu nunca aceitei isso e considero que o progresso deve vir dentro de regras que respeite o local e beneficie a região, pois assim todos desfrutam da riqueza gerada. Eu estou precisando da sua ajuda para conseguir o maior número de assinaturas para este apelo à Governadora do Rio Grande do Norte que é quem tem o poder de determinar a realização do Zoneamento e do Plano de Manejo da Reserva, pois na falta deles a RDS e nosso meio ambiente corre um grande risco. Peço que assine a petição e passe para os seus amigos também assinarem.
    Acesse o http://www.obaudemacau.com e subscreva.
    Um grande abraço e obrigado, Claudio Guerra, do baú de Macau