ACESSE SUA CONTA

Esqueci minha senha

NÃO POSSUI CADASTRO

Fazendo seu cadastro, você:

marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Atividades de conscientização ambiental marcam calendário de férias em Alagoas

24 de janeiro de 2019

Entre os dias 14 e 20 de janeiro, os visitantes e moradores de São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras, no Litoral Norte de Alagoas, participaram do projeto Apaió, parceria entre o Instituto Yandê e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). A iniciativa teve como objetivo divulgar a Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais – onde estão localizados importantes pontos turísticos da região – e sensibilizar turistas e moradores sobre seu papel na conservação ambiental. Para isso, foram realizadas atividades de promoção e valorização das manifestações culturais tradicionais locais, ressaltando a importância socioambiental da região. As ações aconteceram em praias e praças da região.

PracaEntre as atividades realizadas estavam atrações culturais, brincadeiras, oficina de Coco, batalha de Bumba Meu Boi, soltura de tartarugas-marinhas, entre outras ações. A exposição itinerante “Mergulhe na APA Costa dos Corais“ também fez parte da programação. Ela retrata a riqueza da região, contando a história local, a importância da APA Costa dos Corais para a conservação e um pouco sobre a biodiversidade da região.

A exposição é realizada pelo projeto Toyota APA Costa dos Corais, uma parceria público-privada entre o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a Fundação SOS Mata Atlântica e a Fundação Toyota do Brasil. Iniciado em 2011, o projeto já investiu mais de R$ 6 milhões na região.

“Com este recurso esperamos-se a implementação da APA Costa dos Corais e o fortalecimento das organizações locais para impulsionar as ações de conservação e sustentabilidade na região“, afirmou Percival Maiante, presidente da Fundação Toyota do Brasil. Entre as entidades apoiadas Exposicaopelo projeto está o Instituto Yandê.

A APA Costa dos Corais é uma Unidade de Conservação (UC) que abrange 13 municípios nos estados de Alagoas e Pernambuco em uma área de 413 mil hectares. A UC é responsável por garantir a conservação de diversas espécies marinhas, tendo uma das maiores biodiversidades do mundo, além de ser um dos locais com grande diversidade de corais, que dão nome à APA.

IMG_4296Somente em 2017, esta região recebeu mais de 265 mil visitantes, fazendo com que a área seja uma das 10 Unidades de Conservação (UCs) federais mais visitadas do Brasil. Entre os atrativos mais procurados na região estão as piscinas naturais de Maragogi e a cidade de São Miguel dos Milagres, em Alagoas, além de Tamandaré, em Pernambuco. Passeios de contemplação de manguezais e do peixe-boi marinho são outros exemplos.

“Por estar em uma área marinha protegida, todas as atividades nessa região seguem regras estabelecidas pelo ICMBio. Por isso, é fundamental a conscientização da sociedade sobre seu papel na conservação costeira e marinha, além do entendimento das regras de uso da região. Passar essa mensagem com atividades lúdicas é uma das melhores formas de conscientização“, afirma Camila Keiko Takahashi, bióloga da Fundação SOS Mata Atlântica.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS