Notícias
Se mantenha informado sobre nossas ações
marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Bertioga ganha parque estadual

16 de dezembro de 2010

No dia 10 de dezembro, foi publicado no Diário Oficial do estado de São Paulo o decreto de criação do Parque Estadual Restinga de Bertioga. Com mais de nove mil hectares, a nova área protegida abrange diversas praias no litoral norte da baixada santista e contribuirá para manter a biodiversidade – protegendo espécies ameaçadas e exclusivas – e serviços ambientais úteis a toda a sociedade, além de formar um “corredor ecológico” interligando regiões litorâneas à Serra do Mar.

Segundo informações da Secretaria do Meio Ambiente de São Paulo, a área apresenta 93 espécies de répteis e anfíbios (com 14 espécies ameaçadas e 14 raras), o que representa a maior diversidade desses animais na Mata Atlântica do Estado. O parque também abriga 117 espécies de mamíferos, sendo 25 de médio e grande porte (como a onça-parda, veado, anta, jaguatirica, mono-carvoeiro, bugio, cateto e queixada, todos ameaçados de extinção) e 69 morcegos, com seis espécies ameaçadas de extinção constantes na listagem do Estado de São Paulo, uma na listagem brasileira e uma na listagem internacional.

A unidade de proteção integral será um espaço dedicado ao ecoturismo, lazer e educação ambiental para os brasileiros. “Dos 7,9% de vegetação remanescente de Mata Atlântica, apenas 9% são protegidos por unidades de conservação. Desses, 80% são protegidos por unidades de uso sustentável e só 20% têm proteção integral. Assim, a criação do Parque Estadual Restinga de Bertioga avança na agenda de proteção integral para as áreas de importância ecológica”, avalia Fábio Motta, coordenador do Programa Costa Atlântica da SOS Mata Atlântica.

Saiba mais na página da WWF-Brasil.

SOS Mata Atlântica | Com informações da WWF-Brasil e da Secretaria de Meio Ambiente de São Paulo.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS