ACESSE SUA CONTA

Esqueci minha senha

NÃO POSSUI CADASTRO

Fazendo seu cadastro, você:

marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Organizações ambientalistas se reúnem e apresentam propostas a parlamentares

31 de agosto de 2018

Encontro em Brasília contará com representantes de ONGs que atuam em todo o Brasil

Na próxima terça-feira (04), às 13h, a Fundação SOS Mata Atlântica, a Frente Parlamentar Ambientalista e organizações de meio ambiente promovem o ato político “Desenvolvimento para Sempre – compromissos ambientais prioritários às eleições 2018“. O evento tem como objetivo apresentar propostas para a proteção e sustentabilidade das florestas brasileiras e a contribuição de cada bioma para o desenvolvimento do Brasil.

O encontro acontece no Salão Verde – espaço de café, da Câmara Federal. Entre as ONGs confirmadas estão Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM), Instituto Socioambiental (ISA), Rede Cerrado, SOS Pantanal e WWF.

Na ocasião, a SOS Mata Atlântica apresentará sua carta “Desenvolvimento para Sempre“, com quatro causas prioritárias à conservação da Mata Atlântica: Restauração da Floresta, Valorização dos Parques e Reservas, Água Limpa e Proteção do Mar. No documento, a ONG chama a atenção para o fato de que, caso o Brasil insista na dilapidação dos recursos naturais fontes de diversos benefícios à sociedade, inevitavelmente ampliará os impactos negativos na vida das populações urbanas e rurais.

A organização acredita que a solução para esse desafio inclui a implantação de mecanismos financeiros e tributários de apoio à conservação e à restauração florestal, o aperfeiçoamento e a aplicação irrestrita da legislação socioambiental, o fortalecimento das instituições públicas e da gestão municipal, o reforço dos sistemas de áreas protegidas e, especialmente, a eliminação do desmatamento ilegal.

“Estamos seguros de que um desenvolvimento permanente e duradouro precisa ser sustentável e, para tanto, devemos seguir construindo e fortalecendo políticas públicas alinhadas com as necessidades presentes e futuras, contribuindo para a saúde e bem-estar de todos os habitantes do Brasil“, afirma Mario Mantovani, diretor de Políticas Públicas da SOS Mata Atlântica. Ele ressalta ainda que a Frente Parlamentar Ambientalista é a única que possui em sua composição a sociedade civil – que trabalha com os parlamentares na construção coletiva de políticas públicas.

Clique aqui e acesse a carta completa da organização.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS