ACESSE SUA CONTA

Esqueci minha senha

NÃO POSSUI CADASTRO

Fazendo seu cadastro, você:

marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Campanha pelo cumprimento do Código Florestal será lançada no Viva a Mata

15 de maio de 2013

Com a aprovação do novo Código Florestal em 2012, a lei deve agora ser implementada e acompanhada pela sociedade. Atentos a isso, representantes da sociedade civil estarão reunidos no dia 24 de maio (sexta-feira), das 10h às 16h, no auditório do Museu de Arte Moderna (MAM),  durante o Viva a Mata 2013 – Encontro Nacional pela Mata Atlântica, para o lançamento de iniciativas e palestras sobre o Código Florestal.

Às 10h, será lançada a campanha nacional “Cumpra-se”, pelo cumprimento do Código Florestal, que tem como objetivo convidar o público a fazer a sua parte: contribuir e proteger o meio ambiente com ações diárias e apoiar a fiscalização do Poder Público. Como parte da campanha, às 12h, haverá o lançamento do “Grupo de Trabalho (GT) de Acompanhamento da Implementação do Código Florestal em São Paulo”, ação é realizada pela Frente Parlamentar Ambientalista de São Paulo, Fundação SOS Mata Atlântica e Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (ANAMMA).

“Queremos estimular a cidadania e o acompanhamento da Lei em um processo descentralizado e participativo, e também reforçar o papel das Frentes Parlamentares Estaduais. Por isso, vamos incentivar o acompanhamento e cumprimento do Código Florestal nos Estados da Mata Atlântica”, explica Mario Mantovani, diretor de Políticas Públicas da Fundação SOS Mata Atlântica.

O GT de São Paulo é o 10º lançado. Desde março deste ano outros oitos já iniciaram suas atividades: Bahia, Ceará, Espírito Santo, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Santa Catarina. Até o fim do ano serão lançados mais sete grupos.

Na parte da tarde, a programação será de palestras e debates. Às 14h, o tema será a relação do Código Florestal e a Água, com o engenheiro Guilherme Amstalden Valarini, coordenador de Projetos do Consórcio PCJ; Glauco Kimura de Freitas, coordenador do Programa Água Para Vida, do WWF-Brasil; Apolo Heringer Lisboa, idealizador do Projeto Manuelzão. Às 16h, será a vez de debater a aplicação do novo Código Florestal.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS