ACESSE SUA CONTA

Esqueci minha senha

NÃO POSSUI CADASTRO

Fazendo seu cadastro, você:

marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Fundação SOS Mata Atlântica participa do IX Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação (CBUC)

30 de julho de 2018

Durante o evento, a organização apresenta seu trabalho para a valorização de parques e proteção do mar

Entre os dias 31/07 e 02/08, Florianópolis recebe um dos mais importantes encontros sobre áreas protegidas e conservação da natureza da América Latina, o IX Congresso Brasileiro de Unidades de Conservação (CBUC). A Fundação SOS Mata Atlântica participará do evento e apresentará seu trabalho pela valorização dos parques e reservas e pela proteção do mar, estratégias fundamentais para a conservação da Mata Atlântica, uma vez que existem mais de 2.000 Unidades de Conservação (UCs) neste bioma.

Presente no estande da Coalizão Pró-Unidades de Conservação, da qual é integrante, a SOS Mata Atlântica também relizará um evento paralelo. No dia 1º, às 19h, fará o lançamento de um vídeo sobre as áreas protegidas apoiadas pela ONG e a importância delas para o fortalecimento do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) e para a qualidade de vida da população.

Este evento está atrelado aos trabalhos que ONG apresentará no CBUC,  como o artigo que trata do modelo de parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), realizado há 10 anos. Neste trabalho, a organização fala dos fundos de apoio a Unidades de Conservação (UCs) da Mata Atlântica e marinhas e como as parcerias são fundamentais para conservar estes ambientes.

Na última década, somente nessa parceria com o ICMBio, a ONG já captou mais de R$ 20 milhões disponíveis nos fundos para aplicação nos próximos anos, apoiando a gestão de 12 Unidades de Conservação (UCs) da Mata Atlântica e marinhas.

O diferencial do modelo de parceria da ONG, é a possibilidade de apoiar a gestão das UCs sem transferência financeira aos órgãos públicos, garantindo a operação cotidiana e as emergências. É um valor que beneficia a UC com equipamentos e serviços de forma fácil e ágil, porém com todos os requisitos de segurança jurídica e transparência entre os parceiros. Na prática, a ONG capta os recursos, investe, cria e gerencia fundos de perpetuidade ou de caixa para a execução de planos de trabalho em unidades específicas.

Proteção do mar

Um dos desafios para a proteção do mar brasileiro está na ordenação dos 4,5 milhões de km² de zona costeira e marinha. As Unidades de Conservação têm grande potencial neste processo, mas possuem algumas limitações. Entre elas, as pressões externas e a falta de uma escala espacial condizente com o ciclo de vida das espécies, que sofrem com a falta de conectividade dos ambientes marinhos.

A SOS Mata Atlântica acredita que a solução passa pela aprovação do PNCMar (PL6.969/2013),  conhecido como Lei do Mar. Trata-se de uma oportunidade de inovação para assegurar a representação e transparência para melhorar a governança no território marinho. A Lei possibilitaria a integração de demais políticas de áreas protegidas com planejamento espacial marinho, possibilidando a conciliação de atividades produtivas à conservação da biodiversidade.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS