Notícias
Se mantenha informado sobre nossas ações
marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Nota pública em reconhecimento e defesa da Fundação Florestal e das Unidades de Conservação do Estado de São Paulo

11 de agosto de 2020

A Fundação SOS Mata Atlântica vem a público externar a surpresa diante da notícia sobre a pretensa extinção da Fundação para a Conservação e a Produção Florestal do Estado de São Paulo, a renomada Fundação Florestal, e manifestar o reconhecimento e a defesa do importante papel que desempenha na gestão das Unidades de Conservação paulistas.

Esperamos que o Governo do Estado de São Paulo, em medidas com tal impacto para a gestão ambiental e do patrimônio natural, apresente sua proposta de reforma administrativa de forma transparente e que permita a contribuição da sociedade.

A Fundação Florestal é responsável pela gestão da maior área contínua de Mata Atlântica do país e de 102 Unidades de Conservação, 34 parques estaduais, 15 estações ecológicas e 33 áreas de proteção ambiental. Esse imensurável patrimônio natural e rica biodiversidade garantem a qualidade de vida dos paulistas por meio de serviços ambientais e ecossistêmicos, como a regulação do clima, o fornecimento de água de boa qualidade e o bem-estar da população.

Este grave momento de pandemia e de enormes desafios para a retomada da economia requer, além da criatividade e da disposição por mudanças, um novo modelo de desenvolvimento que exige comprometimento e efetividade do poder público com a gestão ambiental. O Estado de São Paulo, como referência nessa área tão importante e estratégica, não pode colocar em risco políticas públicas conquistadas ao longo de décadas, que antecedem até mesmo a abertura democrática no Brasil, especialmente neste momento de falta de liderança diante da crise sanitária e climática.

 

COMPARTILHE

NOTÍCIAS RELACIONADAS