ACESSE SUA CONTA

Esqueci minha senha

NÃO POSSUI CADASTRO

Fazendo seu cadastro, você:

marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Estreia a Exposição Sua Mata, Sua Casa

28 de janeiro de 2011

SOS Mata Atlântica estreia exposição interativa em comemoração aos seus 25 anos

Mostra “Sua Mata, Sua Casa” passa por 12 capitais brasileiras durante um ano para chamar a atenção para a importância da Mata Atlântica e sensibilizar a sociedade sobre sua relação com o meio ambiente, com início no dia 11 de fevereiro, em Fortaleza.

Em comemoração aos seus 25 anos, a Fundação SOS Mata Atlântica – ONG pioneira a destinar esforços para a proteção e conservação do bioma mais ameaçado do país -, abre a exposição interativa “Sua Mata, Sua Casa”, no dia 11 de fevereiro, em Fortaleza. Com o objetivo de mobilizar a sociedade para uma melhor cidadania e mostrar que essa floresta está diretamente relacionada ao seu dia-a-dia, o novo projeto percorrerá 12 capitais em um ano e meio, com patrocínio de Bradesco Cartões e Natura e apoio local de estabelecimentos como o North Shopping Fortaleza, primeiro shopping a receber a exposição. A mostra permanecerá 20 dias em cada local, sempre em shopping centers, gerando conhecimento de maneira lúdica, divertida e curiosa por meio de ferramentas interativas e tecnológicas, como IPADs, mesa multi-touch e televisores. Além disso, outras atividades como palestras, shows, mobilizações, ações com voluntários e bike reportagens complementam a programação.

Onze capitais da Mata Atlântica (Fortaleza, Maceió, Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre e Recife) e mais Brasília (que não está no Bioma, mas decide as leis que o afetam) vão ser sede da empreitada e compor, com vários indicadores, um dossiê a ser apresentado no final do percurso. Por ocasião da passagem do projeto, em cada capital visitada, a SOS Mata Atlântica também lançará com as prefeituras locais os Planos Municipais de Mata Atlântica, com o apoio da Frente Parlamentar Ambientalista. “Esse é um momento bastante especial para a SOS Mata Atlântica, pois celebramos todas as nossas conquistas, realizações e até mesmo aprendizados que obtivemos ao longo desses 25 anos. Temos muitas histórias para contar em 2011 e vamos abrir essas comemorações com um projeto inspirador, que dialoga de maneira interativa com pessoas de diversas faixas etárias que moram na Mata Atlântica. Cada pedacinho da exposição foi pensado com carinho para aproximar a sociedade do bioma e levar um pouco de nós, do que temos feito e dizer que essa luta continua e que é de todos”, explica Marcia Hirota, diretora de Gestão do Conhecimento da Fundação.

Sua Mata, Sua Casa

Inspirado na ideia de que a Mata Atlântica é a nossa casa, a exposição reforça que as pessoas vivem em meio à Mata mesmo nas áreas urbanas e que a relação do homem com o bioma é mais direta do que ele imagina. O projeto cenográfico foi criado pela designer Karina Castardelli, da Sapiens Design Consciente , Felipe Vila e Guilherme Nicoletti do VIA6B Estúdio de Arquitetura e Design, com textos de Fernando Esselin e montagem da Pigari Cenografia, além de toda a supervisão e conteúdos da Fundação SOS Mata Atlântica.

A preocupação com a sustentabilidade está em todos os espaços, desde a estrutura (que é produzida com resíduos plásticos), os painéis de comunicação (feitos com papelão e embalagens reutilizadas) até uma árvore de garrafas PET e embalagens Tetrapack. Os muros externos da casa apresentam grafites que retratam temas ambientais. As emissões de carbono geradas pelo projeto serão também compensadas por plantios realizados no Programa Florestas do Futuro, da Fundação.

Um dos espaços da exposição retrata a degradação ambiental vivenciada nas últimas décadas através de uma instalação audiovisual. Painéis ilustrando o nascimento da Fundação, de seu programa de voluntariado e dicas do que a população pode fazer para contribuir com o meio ambiente enriquecem os ambientes. Temas mais densos, como a Lei da Mata Atlântica, foram trabalhados em animações lúdicas e divertidas para facilitar o aprendizado do público leigo e das crianças. A exposição é totalmente acessível a cadeirantes e traz propostas de interação para todas as idades.

As campanhas de mobilização realizadas pela SOS Mata Atlântica são representadas através de silhuetas humanas com as quais o público pode interagir. Já a cozinha mostra a riqueza e variedade de frutas e alimentos nativos. Os artesanatos revelam a diversidade cultural dos povos da Mata Atlântica e o Livro de Receitas traz o segredo do sucesso de uma série de iniciativas.

O quintal da casa é composto por mobiliário de materiais alternativos, onde acontecem as apresentações, podendo ser usado também como espaço de leitura e descanso. Ele é conectado à Biblioteca, que tem publicações da ONG para consulta. Os visitantes interessados em se cadastrarem na Conexão Mata Atlântica, rede social da Fundação, receberão uma foto digital na Mata Atlântica.

A mostra conta ainda com o Túnel da Mata, um espaço fechado e interativo, em que os visitantes podem explorar e descobrir animais emblemáticos do bioma. Esse espaço possui um quiz em Ipads e um mapa com touch-screen, onde o visitante pode navegar pelos remanescentes de Mata Atlântica nas cidades visitadas. As pessoas poderão também registrar suas críticas e ambições relacionados ao meio ambiente por meio de depoimentos que serão colocados na ‘Árvore dos desejos’, feita com garrafas PET e embalagens Tetrapack por artistas da Cooperaacs (Cooperativa Social de Trabalho e Produção de Arte Alternativa e Coleta Seletiva), também responsável pelas artes feitas com lixo que permeiam toda a exposição.

O projeto terá um bike repórter, profissional que percorrerá cada cidade, com o objetivo de coletar dados e informações da região e divulgar a iniciativa para a população. A bicicleta utilizada por ele também ficará exposta, assim como os resultados das entrevistas geradas. Estes dados vão compor o dossiê do projeto, com as demandas e manifestações das cidades, que será entregue em Brasília e na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), a ser realizada no próximo ano, no Rio de Janeiro. O evento acontece exatamente 20 anos após a Rio-92, o maior acontecimento da década de 1990 ligado à conscientização da necessidade de proteção do meio ambiente. Esses dois eventos terão seus espaços na casa para mostrar o encontro do passado e futuro.

“Esse projeto não tem apenas caráter educacional, mas também político, pois ele possibilita à população dessas 12 cidades manifestarem suas necessidades. Trabalhamos também com políticas públicas e acompanhando de perto o que acontece em Brasília, exemplos disso são nossos esforços contra as alterações no Código Florestal, que está para ser votado a qualquer momento. Vamos continuar protegendo a nossa floresta”, enfatiza Mario Mantovani, diretor de Políticas Públicas.


Ficha Técnica

Projeto Sua Mata, Sua Casa – exposição interativa dos 25 anos da Fundação SOS Mata Atlântica

Estreia dia 11 de fevereiro em Fortaleza
Mais informações: projeto25@sosma.org.br .

Realização: Fundação SOS Mata Atlântica
Patrocínio: Bradesco Cartões e Natura

Equipe SOS Mata Atlântica
Presidente: Roberto Klabin
Vice-presidente: Pedro Passos
Diretor Administrativo: Olavo Garrido
Diretora de Gestão do Conhecimento: Márcia Hirota
Diretor de Políticas Públicas: Mario Mantovani
Diretora de Comunicação e supervisão da exposição: Ana Ligia Scachetti
Coordenação: Denise Bemelmans
Produção e bike repórter: Lemuel Santos Rex
Captação de Recursos: Adauto Basílio e Thiago Massagardi
Voluntariado: Beloyanis Monteiro
Equipe de apoio: Anaéli Bastos, Andrea Herrera, Camila Plaça, Edma Farias, Kleber Santana, Reinaldo Oliveira, Romilda Roncatti, Tarcila Ione e Vania Schoemberner.
Esta iniciativa conta com a participação de todos os profissionais, voluntários, fornecedores e parceiros locais da SOS Mata Atlântica.
Assessoria de Imprensa: Lead Comunicação

Equipe Criativa e de Produção
Gestão e identidade: Karina Castardelli, Sapiens design consciente
Projeto cenográfico: Concepção de Felipe Vila e Guilherme Nicoletti, Produção de Gustavo Chacon, Luis Crepaldi e Raquel Jordão, VIA6B Estúdio de Arquitetura e Design
Produção de texto e edição de conteúdo: Fernando Esselin
Projeto multimídia: Renato Inácio
Assistente: Ana Tanaka
Produção: Pigari Cenografia
Arte com lixo: Cooperaacs
Equipe de apoio: Dermeval Aires (traduções), Rodrigo Vilalba (revisão de texto)
e Henrique Pimenta

Artistas Convidados
Marcenaria artística: Marcelo Zocchio
Réplicas das frutas: Mário C. Ramos
Grafites: Paulo Zeminian

Agradecimentos
Alfa Citrus, ArcPlan, Educartis, FingerTips, Paramount, Marcos Palmeira, Lenine e Wanessa Camargo. Cessão de vídeos do Projeto da International Paper, com a realização e produção da Magma Editora Cultural e da Enjoy. Obrigado a todos os shoppings, visitantes, monitores locais e voluntários que estão fazendo esta exposição acontecer.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS