ACESSE SUA CONTA

Esqueci minha senha

NÃO POSSUI CADASTRO

Fazendo seu cadastro, você:

marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Fundação confere projeto sustentável do Estádio de Brasília

6 de junho de 2012

O intuito deste GT é acompanhar que as exigências ambientais sejam de fato implementadas pelo doze Estados que irão sediar o mundial.

O estádio de Brasília será o primeiro no mundo a receber o selo Leed Platinum, certificado máximo de sustentabilidade. Além dos materiais utilizados na construção serem recicláveis ou reciclados, a arena terá tecnologia de captação de água da chuva e energia solar, que gerará cerca de 2,5 megawatts (o que corresponde ao abastecimento de mil residências por dia).

“Desde sua concepção, nós nos preocupamos em desenvolver um projeto ‘verde’, que incorporasse práticas socioambientais sustentáveis. Este será o primeiro estádio de futebol a receber esse título”, declarou Vicente Melo, um dos arquitetos responsáveis pela Ecoarena.

A cobertura segue o mesmo conceito. O revestimento será executado com um tecido combinado com fibra de vidro, que reflete a iluminação natural, reduz o calor interno e elimina, consequentemente, a necessidade do uso de ventilação artificial, como ar condicionado.

Para Mario Mantovani, diretor de Políticas Públicas da Fundação SOS Mata Atlântica, os recursos que estão sendo investidos são imprescindíveis para reduzir os impactos ao meio ambiente. “Os empreendimentos não podem estar dissociados da questão ambiental e devem prever ações de coleta seletiva, reciclagem, reaproveitamento de água, entre outras”, afirmou ele.

Atualmente, 3.8 mil funcionários trabalham na construção da Ecoarena, em três turnos.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS