Notícias
Se mantenha informado sobre nossas ações
marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Nota de falecimento

16 de novembro de 2017

A SOS Mata Atlântica lamenta o falecimento do artista plástico Frans Krajcberg, ocorrido nesta quarta-feira, aos 96 anos.

Ele foi um dos fundadores da Fundação e integrante do Conselho Consultivo da ONG. Ao longo de sua vida, lutou intensamente contra a devastação das florestas brasileiras por meio de suas obras de arte. Era muito reconhecido por suas esculturas feitas a partir de troncos e raízes queimados, mas também transitou pela pintura, gravura e fotografia.

O artista vivia no Sítio Natura, em Nova Viçosa (Bahia), onde protegia uma área de mata nativa e construía um museu para suas obras. Lá, morava numa casa na árvore.

Obra_krajcberg

Fábio Feldmann, primeiro presidente da SOS Mata Atlântica, afirma que Krajcberg foi um artista pioneiro por “denunciar em sua obra a destruição sistemática da natureza”. “Com suas esculturas trazidas do fogo se tornou uma voz dura e respeitada, mostrando que a arte é uma indispensável forma de expressão da angústia perante o horror ecológico do mundo contemporâneo. Frans, sentiremos falta da sua voz!”

Marcia Hirota, diretora executiva da Fundação, diz que o artista teve uma vida dedicada à Mata Atlântica, onde morou e deixou um legado de arte, vida, luta e amor pela nossa floresta. “Por tudo isso, ele merece todas as nossas homenagens”, afirma.

Krajcberg será cremado e as cinzas serão enviadas para o sul da Bahia.

Saiba mais.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS