ACESSE SUA CONTA

Esqueci minha senha

NÃO POSSUI CADASTRO

Fazendo seu cadastro, você:

marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Lázaro de Mello Brandão: grande apoiador da SOS Mata Atlântica e suas causas

21 de outubro de 2019

Foi com grande tristeza e pesar que a Fundação SOS Mata Atlântica recebeu a notícia do falecimento de Lázaro de Mello Brandão, ex-presidente do Conselho de Administração do Bradesco e grande apoiador da organização.

Com ele à frente do banco, o Bradesco se tornou o maior patrocinador da Fundação e de seus principais projetos, como o Atlas da Mata Atlântica – que monitora o desmatamento da floresta. O início da parceria ocorreu há 30 anos, quando a ONG era presidida por Roberto Klabin. Uma vez ao ano, pelo menos, representantes da Fundação visitavam Dr. Lázaro, como era conhecido, para agradecer e contar sobre as ações desenvolvidas.

“Era impressionante sua lucidez, consciência e força de trabalho. Um homem íntegro, honrado e que levava a sério a responsabilidade socioambiental. Aprendi muito com ele ao longo dos anos e, nesse momento, não tenho palavras suficientes para agradecer sua amizade e toda a confiança que ele teve em nosso trabalho, além de tudo que ele nos permitiu alcançar com a SOS Mata Atlântica”, afirma Roberto Klabin, atual vice-presidente da ONG.

Em 2016, Dr. Lázaro foi homenageado no Masp em evento de comemoração aos 30 anos da SOS Mata Atlântica, com a presença de autoridades, como o governador Geraldo Alckmin, e cerca de 400 pessoas – entre apoiadores, voluntários, filiados e parceiros. Quem recebeu o prêmio em seu nome foi Elias de Sousa, diretor à época do Bradesco Cartões. A ONG reforçou que, com apoio do banco, foi possível plantar mais de 30 milhões de árvores nativas para recuperação florestal na Mata Atlântica.

“Graças à parceria, pudemos alertar a sociedade, governos, órgãos ambientais e Ministérios Públicos sobre o desmatamento da Mata Atlântica e mostrar onde ele ocorria, para aumentar a consciência ambiental e para que providências fossem tomadas. Com isso, quando a ONG completou 30 anos, observamos uma redução de 83% no desmatamento. Desde 1989, quando começou a ser feito, o monitoramento nunca parou, pois sempre pudemos contar com o banco. E a continuidade num trabalho como esse é fundamental para conseguirmos avanços”, diz Marcia Hirota, diretora executiva da SOS Mata Atlântica.

Ela ressalta que o Bradesco também apoiou, ao longo desses 30 anos de parceria, projetos como um caminhão – uma exposição itinerante – que viajou por 8 anos por inúmeras cidades dos 17 estados da Mata Atlântica para fazer educação ambiental de forma lúdica; o Viva a Mata, evento que há 15 anos comemora o dia do bioma; e também possibilitou o apoio a diversos parques e RPPNs, as Reservas Particulares do Patrimônio Natural.

Para Pedro Passos, presidente da ONG, Dr. Lázaro é uma grande inspiração por seu espírito empreendedor e ética. “Fará falta ao país um homem com essa visão de mundo e integridade. Graças ao seu empenho e disposição em ajudar, a organização pôde crescer e trazer resultados concretos para toda a sociedade brasileira, especialmente no que diz respeito à redução do desmatamento e à restauração da floresta. Toda nossa solidariedade à família do Dr. Lázaro e a todos os amigos do Bradesco”, afirma.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS