Notícias
Se mantenha informado sobre nossas ações
marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Otavio Frias Filho: apoiador da Mata Atlântica

21 de agosto de 2018

A Fundação SOS Mata Atlântica lamenta, profundamente, o falecimento, nesta terça-feira (21), do diretor de Redação da Folha de S. Paulo, Otavio Frias de Oliveira Filho, que lutava contra um câncer.

O jornalista, dramaturgo e ensaísta tinha 61 anos e foi um dos fundadores da Fundação SOS Mata Atlântica e membro do Conselho Consultivo. Entre 1987-88 apoiou a famosa campanha “Estão tirando o verde da nossa Terra“, que chamava a atenção para a gravidade da situação da Mata Atlântica, até então pouco conhecida pela sociedade. Anos mais tarde, essa campanha deu vida à logomarca da organização, que se tornou uma das marcas do movimento ambientalista brasileiro.

“A Folha de S. Paulo ajudou muito a popularizar a nossa causa e a colocar a Mata Atlântica no coração dos brasileiros. O Otavio Frias Filho foi um dos nossos grandes apoiadores e teve papel fundamental para uma nova consciência ambiental no país, especialmente de engajamento e diálogo com a sociedade, apoio que se estendeu até hoje nas nossas campanhas e atividades. Perdemos um grande aliado e lamentamos muito“, afirma Marcia Hirota, diretora-executiva da SOS Mata Atlântica.

Para Pedro Passos, presidente da SOS Mata Atlântica e colunista da Folha de S. Paulo, Frias Filho “sempre lutou pela democracia no Brasil, acreditando nela como a solução para nossa sociedade e no jornalismo para combater a intolerância e promover a diversidade de opiniões“.

Roberto Klabin, também fundador da SOS Mata Atlântica e hoje vice-presidente da ONG, destaca o poder de tomada de decisão do executivo da Folha. “Quando fundamos a SOS Mata Atlântica, juntamente com Fabio Feldmann e outros, éramos jovens que buscavam um Brasil melhor. Ele, já com sua experiência em comandar um dos principais jornais do país, sempre nos ajudou a traçar os melhores caminhos e esteve presente nas nossas grandes conquistas“, afirma ele.

A equipe SOS Mata Atlântica se solidariza com os amigos e familiares do jornalista, que deixa esposa, duas filhas e três irmãos.

 

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS