Notícias
Se mantenha informado sobre nossas ações
marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Encontros com técnicos de meio ambiente abordam a importância das reservas particulares

Veja como foram os eventos realizados pela Fundação SOS Mata Atlântica

21 de outubro de 2020

A Fundação SOS Mata Atlântica realizou nessa semana mais dois encontros com técnicos de meio ambiente de órgãos estaduais de meio ambiente. Após oferecer uma capacitação na semana passada, a ONG promoveu uma série de lives sobre a importância das reservas particulares. Os eventos marcaram a celebração pelos 30 anos das Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN), uma categoria de Unidade de Conservação criada voluntariamente por proprietários de terras que destinam parte de suas propriedades para a conservação da natureza, além do que a legislação exige. Os eventos foram transmitidos pelo canal do Youtube Reserva Sustentável.

Clique aqui e veja como foram os encontros com os órgãos estaduais de meio ambiente da semana passada

Na última terça (20), foi a vez do tema “RPPN como fonte de Saúde“. Moderado por Monica Fonseca, consultora da Fundação SOS Mata Atlântica e especialista em RPPNs, o evento contou com a participação da bióloga Erika Guimarães, de Paulo Russo, Analista Ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e Luiz Nelson, proprietário da RPPN Bom Retiro – RJ. Veja como foi.

Já na quarta (21), o econtro foi sobre os 30 anos das reservas particulares. Com o tema “Aonde Chegamos?“, o evento contou com a participação da professora de Direito Ambiental, Sônia Wiedmann, de Oswaldo Bruno, técnico da Fundação Florestal de São Paulo, de Cláudio Maretti, consultor ambiental e vice-presidente da Comissão Mundial de Áreas Protegidas, da União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) e de Luciano Souza, consultor ambiental. O encontro foi moderado por Roberta Guagliardi, advogada ambiental e coordenadora executiva do Projeto RPPN/Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro por meiodo Instituto Terra de Preservação Ambiental (ITPA). Veja como foi.

Nestes encontros, os participantes apresentaram a relação das reservas particulares para a saúde da população, principalmente por oferecerem espaços de lazer, educação e turismo e também farão um balanço sobre as três décadas de história das reservas particulares, que já somam 1.665 áreas certificadas no Brasil. Somente na Mata Atlântica são 1.237, que protegem 236 mil hectares do bioma.

Proprietários rurais criam reservas ambientais durante a pandemia

Foto destaque: RPPN Airuma (PR)

Crédito: Fudação SOS Mata Atlântica

COMPARTILHE