ACESSE SUA CONTA

Esqueci minha senha

NÃO POSSUI CADASTRO

Fazendo seu cadastro, você:

marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

SOS Mata Atlântica leva exposição itinerante à Rio+20

12 de junho de 2012

Nesta quinta-feira (14 de junho), a SOS Mata Atlântica chegará ao Rio de Janeiro com o projeto “A Mata Atlântica é Aqui – Exposição Itinerante do Cidadão Atuante”. Dois caminhões adaptados ficarão na Rua do Russel, 01, no Largo da Glória, até o dia 24 de junho, promovendo atividades e atrações gratuitas com o público durante a Rio+20. O evento acontece das 11h às 18h no dia 14/6; das 10h às 18h de 15 a 21/6; e das 10h às 17h de 22 a 24/6. O patrocínio é de Bradesco Cartões, Natura e Volkswagen Caminhões & Ônibus.

Entre os dois caminhões, haverá também uma tenda, de 150 m2, com uma exposição chamada “Nosso verde também depende do azul”. Ela trará um panorama geral sobre a zona costeira e os ecossistemas marinhos, as ameaças que essas áreas sofrem, os aspectos da conservação e áreas protegidas e  a atuação da SOS Mata Atlântica nestas regiões, especialmente sob influência do Bioma Mata Atlântica.

Durante a visita, a SOS Mata Atlântica e as instituições parceiras locais vão promover palestras, oficinas, apresentações teatrais, jogos educativos, debates, exposições, entre outras atividades. O público poderá conferir também o novo cenário interativo, com mesa multi-touch, iPADs e outros equipamentos audiovisuais para exibição de vídeos e desenhos com temática socioambiental. Um dos caminhões conta ainda com um espaço fechado, com cadeiras, projetor e sistema de sonorização, para se aproximar do ambiente de uma sala de aula.

Durante o período de 14 a 19 de junho, das 17h às 18h, a Rádio Estadão ESPN fará um balanço ao vivo sobre a Rio+20 direto do caminhão da SOS Mata Atlântica. A apresentação será de Paulina Chamorro e cada dia haverá diferentes convidados.

Novo ciclo

O projeto já visitou 90  cidades brasileiras com o objetivo de levar mais informações sobre o bioma mais ameaçado do país, a Mata Atlântica. O Rio de Janeiro inaugura seu quarto ciclo anual, em que serão visitadas 14 cidades litorâneas, localizadas nos seguintes estados: RJ, CE, RN, PB, PE, AL, SE, BA, ES, SC e SP.

Esta nova fase do projeto tem como tema a região costeira e os ambientes marinhos e vai mostrar a importância do mar para a conservação das nossas florestas. A chegada ao Rio de Janeiro comemorará também o Dia Mundial dos Oceanos, celebrado no dia 8 de junho. “Vamos apresentar às pessoas como o mar e o nosso litoral influencia diretamente as nossas vidas. Temos 8 mil quilômetros de costa e não podemos mais agredi-la, pois estaremos comprometendo e desperdiçando recursos naturais de extrema importância para o desenvolvimento da vida no nosso planeta”, destaca Romilda Roncatti, coordenadora do projeto.

De acordo com a coordenadora da Rede das Águas da SOS Mata Atlântica, Malu Ribeiro, a população e os órgãos públicos têm tanta responsabilidade com o cuidado do mar quanto com o cuidado dos rios. “Estamos agredindo o mar e retirando o que ele oferece de bom de maneira predatória para nosso uso”, diz ela.

Nesta nova jornada, o tamanho da exposição aumentou, passando de um para dois caminhões adaptados, que viajarão juntos. Um deles será palco para a realização de atividades de educação ambiental, enquanto o outro, transformado numa sala de aula itinerante, concentrará atividades como encontros, debates, reuniões, treinamentos e cinema.

Escolas e grupos interessados podem realizar visitas monitoradas. Os caminhões contam, ainda, com estruturas próprias para receber deficientes físicos. Além disso, quem tiver interesse em se tornar um voluntário também pode participar. Em caso de dúvidas sobre qualquer uma das atividades, é preciso entrar em contato pelo e-mail itinerante@sosma.org.br ou monitora@sosma.org.br. Mais informações em www.sosma.org.br/blog.

1 | SOS Mata Atlântica

 

PROGRAMAÇÃO E APOIADORES

A exposição conta com o apoio local de: Secretaria Municipal do Meio Ambiente – SMAC, Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente – ANAMMA, Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos do Estado do Rio de Janeiro – SEAERJ, Conservação Internacional, ONG Ecomarapendi, Instituto-E, Recicloteca, Instituto EcoBrasil, Associação Cairuçu, Reserva Ecológica da Juatinga, APA de Cairuçu, YKS – Projetos Ambientais Sustentáveis e Inovadores, Instituto Mar Adentro – Projeto Ilhas do Rio, Mosaico Central Fluminense, APA de Guapimirim, ESEC da Guanabara, Cooperativa Manguezal Fluminense, Instituto Marés, Divers For Sharks, Centro de Estudos do Mar Onda Azul, Rádio Eldorado, Associação Profissional dos Engenheiros Florestais do Estado do Rio de Janeiro – APEFERJ, Projeto Coral-Sol.

Também está apoiando a iniciativa o Instituto Sangari, que gentilmente cedeu um filme sobre o oceano chamado “No fundo, no fundo”, que será exibido em alguns momentos durante a programação.

  • CONFIRA AQUI A PROGRAMAÇÃO COMPLETA

 

 


COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS