Notícias
Se mantenha informado sobre nossas ações
marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

SP tem mais de 170 denúncias de falta de água por dia

19 de novembro de 2015

A Aliança Pela Água divulgou na última quarta (18) o 1o Relatório “Tá Faltando Água”, com informações coletadas pelo aplicativo de mesmo nome. Lançada há 45 dias, a ferramenta mapeia o desabastecimento e já recebeu 8 mil registros de falta de água. Na região da Grande São Paulo, a média é de 173,5 denúncias a cada dia.

“Esses dados são bastante importantes para regular a eficiência e a qualidade do serviço sob o aspecto do consumo. O aplicativo em si não baseia uma ação, mas com outros indícios pode gerar medidas. Este relatório é um instrumento importante para diagnosticar o problema que temos investigado no Estado”, afirmou a coordenadora da Aliança Pela Água, Marussia Whately.

O material foi entregue durante a 2a. reunião do Comitê de Crise Hídrica que ocorreu na quinta (19), em São Paulo, e está sendo enviado às autoridades e órgãos que podem adotar medidas para minimizar impactos da falta de água (descritos no capítulo 3 da publicação). A Fundação SOS Mata Atlântica é parte integrante da Aliança pela Água e está apoiando a entrega do relatório em Brasília.

O aplicativo

Usando os sistemas de geolocalização do próprio celular ou o CEP do imóvel atingido, o “Tá Faltando Água” permite às pessoas registrarem a falta d’água em seu imóvel. Assim como no aplicativo de trânsito “Waze”, é possível ver a incidência de falta d’agua em tempo real em toda a cidade.

Estão disponíveis duas versões do mesmo aplicativo: uma na internet, desenvolvido pelo Instituto Socio Ambiental (ISA), para acesso via navegador, e outro para celulares com sistema operacional Android e iOS (a partir de 25 de setembro), desenvolvido por voluntários da empresa Autbank.

O app permite a produção de relatórios detalhados sobre a situação da escassez hídrica, que serão divulgados periodicamente no site Sala de Crise (www.saladecrise.com.br), da Aliança Pela Água, em formato de relatório e base de dados aberta para análises independentes.

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NOTÍCIAS RELACIONADAS