Notícias
Se mantenha informado sobre nossas ações
marco tanaka
  j \d\e F \d\e Y  

Webinar aborda a importância do planejamento territorial nos municípios da Mata Atlântica

Com a proximidade das eleições em 2020, especialistas debatem a importância da gestão ambiental se tornar prioridade nos municípios brasileiros

29 de julho de 2020

A Fundação SOS Mata Atlântica realiza nesta quinta (30) o webinar “Planejamento territorial nos municípios da Mata Atlântica“. O evento tem como objetivo apresentar um importante instrumento para auxiliar na tomada de decisão de gestores públicos sobre a situação florestal, fundiária e do uso e ocupação do solo. Para isso, mostrará a realidade de 117 municípios da Mata Atlântica. O evento será transmitido pelo FacebookLinkedIn e YouTube da ONG – ative o lembrete em sua conta destas redes sociais para receber um aviso quando o evento começar. As inscrições para evento devem ser feitas pelo Sympla – quem se inscrever concorrerá a produtos da SOS Mata Atlântica.

Durante o evento será apresentado o estudo “Resumo Fundiário, Uso do Solo e de Remanescentes Florestais de 117 Municípios da Mata Atlântica“, que faz parte de um relatório mais abrangente que reúne uma série de estudos sobre conservação, uso e ocupação do solo no bioma. O objetivo da iniciativa é oferecer conhecimento sobre a situação atual dos municípios para auxiliar gestores públicos na tomada de decisão de políticas públicas ambientais. Além de estatísticas, o relatório traz mapas de todos os municípios analisados. O relatório foi elaborado pela Fundação SOS Mata Atlântica e Imaflora (Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola) apoiador do evento. Mediado pela jornalista Andrea Vialli, o encontro contará com a participação de Rafael Bitante Fernandes, gerente de Restauração Florestal da SOS Mata Atlântica e Vinícius Guidotti de Faria, pesquisador e coordenador de Geoprocessamento do Imaflora.

O webinar também conta com apoio da Associação Nacional de Órgãos Municipais do Meio Ambiente (ANAMMA) e será uma oportunidade para um debate sobre as eleições municipais 2020, do ponto de vista ambiental, bem como a importância dos candidatos e futuros gestores locais incluírem a agenda ambiental como prioridade nos municípios.

Entre os principais instrumentos de gestão ambiental nas cidades da Mata Atlântica está o Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica (PMMA), que reúne e normatiza os elementos necessários à proteção, conservação, recuperação e uso sustentável da Mata. O plano deve ser aprovado pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente, contando com a participação dos cidadãos.

Sendo asssim, o evento trará um caso de sucesso de implementação de PMMA e de adequação à Lei da Mata Atlântica e ao Código Florestal. Na ocasião, Vanise Sebben, bióloga da Prefeitura de Caxias do Sul e o secretário municipal do Meio Ambiente, Nerio Jorge Susin, contarão o exemplo de implementação do plano na cidade.

Crédito: Fundação SOS Mata Atlântica

COMPARTILHE