Bonito Por Natureza: encontro busca discutir a conservação e o ecoturismo de Bonito/MS

Bonito Por Natureza: encontro busca discutir a conservação e o ecoturismo de Bonito/MS

Evento terá representantes dos setores públicos, empresários e entidades não governamentais para debater o futuro do turismo e a conservação do patrimônio natural da região

3 de outubro de 2021

São Paulo, 13 de outubro de 2021 – A Câmara Municipal de Bonito (MS) receberá, em 22 de outubro, o 1º Encontro de Turismo e Conservação de Bonito, ação criada por organizações não governamentais para discutir a conservação do patrimônio natural da região e os impactos da depredação na economia local.

 

O evento é promovido pelo Instituto Raquel Machado, Observatório de Justiça e Conservação (OJC), Fundação Neotrópica do Brasil, Coletivo Unidos da Serra da Bodoquena e SOS Pantanal, e com apoio da ABRAMPA (Associação Brasileira do Ministério Público para o Meio Ambiente), Fundação SOS Mata Atlântica, Rede Pró UC, Instituto Homem Pantaneiro e Onçafari, além de empresários apoiadores de todo o Brasil. A medição do encontro será feita pela jornalista Sônia Bridi, conhecida por sua forte atuação em assuntos sobre o meio-ambiente e a conservação da natureza, e a atriz Cristiana Oliveira, interprete da personagem “Juma”, na novela Pantanal, será a madrinha do evento.

O objetivo do encontro é discutir o futuro de natureza local e a conservação do patrimônio natural de toda a região. “A gestão de todos os recursos naturais é fundamental para a biodiversidade e a continuidade das atividades turísticas em Bonito. Esse encontro será fundamental para discutir meios sustentáveis de gerir a economia da região que é totalmente ligada ao ecoturismo“, comenta Raquel Machado, fundadora do Instituto Raquel Machado, que atua na região e é uma das ONG’s idealizadoras do projeto.

Entre as apresentações programadas, o Projeto de Mapeamento Anual do Uso e Cobertura da Terra no Brasil, MapBiomas, representado por ser diretor técnico Marcos Rosa, falará sobre seus últimos dados publicados da região, que apontam que o Pantanal perdeu 74% da sua superfície de água nos últimos 36 anos. O macroeconomista ambiental Cadu Young, escritor do livro “O quanto vale o verde: a importância econômica das Unidades de Conservação brasileira”, fará uma palestra trazendo comparativos sobre a gestão de uma economia sustentável local em comparação a outras formas de atividades econômicas, demonstrando a importância da conservação ambiental em Bonito.

O evento também apresentará vídeos de empresários locais, como o da Sra. Almira Dias Soares, responsável por passeios ao Abismo Anhumas – um lago subterrâneo extenso com águas cristalinas e formações rochosas -, e do Henrique Ruas, proprietário da Pousada Olhos d’Água. O presidente da Gol Linhas Aéreas, Paulo Kakinoff, falará em um vídeo sobre a implantação de um voo direto da companhia para o município, que projetará o acesso ao local e o tornará mais acessível para o ecoturismo.

O movimento Fridays for Future, fundado pela estudante sueca Greta Thunberg – a mais jovem pessoa indicada ao prêmio Nobel da Paz – terá como representante o Gabriel Adami, que contará como as crianças e a juventude esperam da conservação de Bonito um local próspero de natureza e biodiversidade no futuro.

 

Histórico e ameaça

Na década de 1990, moradores e empresários se organizam para adequar e profissionalizar o turismo na região. O resultado trouxe ótimos frutos. Houve valorização dos atrativos naturais, reconhecimento internacional do potencial de conservação e turismo, além de tornar o destino famoso e desejado em todos os cantos do país.

Bonito é um caso de sucesso turístico e ambiental, e precisamos conservar esse bioma para as próximas gerações. Devemos conservar a vegetação nativa, o solo, as águas cristalinas e tudo aquilo que corre o risco de desaparecer“, explica Giem Guimarães, empresário e diretor executivo do Observatório de Justiça e Conservação.

Com o nome “Bonito por Natureza“, o evento será exclusivo para convidados, como tomadores de decisão, representantes dos setores públicos, empresariado local e nacional, e sociedade civil.

Bonito é uma das últimas regiões do Brasil, dentre as mais próximas de grandes centros populacionais, que mantém ainda uma condição muito peculiar com os rios limpos, transparentes e isso gera uma cadeia de oportunidades para o município, que passa, principalmente, pelo turismo e por meio da conservação desses recursos“, comenta Roberto Klabin, proprietário do Refúgio Ecológico Caiman, considerado um dos 20 melhores destinos de turismo do mundo, além de ser fundador da SOS Pantanal.

 

Serviço

1º Encontro de Turismo e Conservação de Bonito

Local: Câmara Municipal de Bonito (MS)

Quando: 22 de outubro de 2021

  

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não utilizaremos suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Enviaremos sempre os melhores materiais, convites e notícias.

Não utilizaremos suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Ajude a Fundação a conquistar mais resultados.

Fundação SOS Pro-Mata Atlântica

info@sosma.org.br

+55 (11) 3262-4088

Av. Paulista, 2073 - Horsa 1 - Conj. 1318

01311-300 - Bela Vista - São Paulo/SP

57.354.540/0001-90

2021 © SOS Mata Atlântica