Comemore o Dia da Mata Atlântica conosco!

Comemore o Dia da Mata Atlântica conosco!

Atividades gratuitas serão oferecidas em sete locais de São Paulo neste sábado

22 de maio de 2023

No sábado, 27 de maio, é celebrado o Dia Nacional da Mata Atlântica – bioma mais degradado do Brasil, e onde vive a maior parte da nossa população.

A Fundação SOS Mata Atlântica, ONG que luta pelo bioma há 36 anos, promove neste dia uma série de eventos presenciais e gratuitos na capital paulista.

Confira a programação do Viva a Mata 2023 em São Paulo, se inscreva e aproveite!

O Viva a Mata 2023 é uma realização da Fundação SOS Mata Atlântica e conta com patrocínio do Bradesco. Tem apoio da Prefeitura de Itu; da Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente; da Secretaria de Meio Ambiente, Infraestrutura e Logística do Governo do Estado de São Paulo; da LATAM Airlines; da Fundação Bienal de São Paulo; do Parque Estadual Villa Lobos; do Parques da Paulista; e dos Parques Municipais: Anhanguera, Augusta, Linear São José, Natural Fazenda do Carmo e Trianon.

Parque Anhanguera

Localizado na Zona Oeste da cidade, faremos neste parque uma trilha guiada pela Mata Atlântica; visita ao orquidário, que está aberto para doações de orquídeas; oficina de pintura em bolachas de eucalipto para produção de placas; plantio de mudas nativas da Mata Atlântica e piquenique oferecido pela Fundação.

Ponto de encontro: Estrada de Perus, 1000 Jardim Santa Fé, São Paulo, SP.
Horário: das 9h às 12h30.
Inscrições aqui.

Parque Augusta

A sociedade se organizou e conquistou esse espaço verde bem no centro de de São Paulo. Nada mais propício que ocupá-lo agora em comemoração ao Dia da Mata Atlântica! No Parque Augusta também teremos uma trilha sensorial pela área arborizada; uma oficina de plantio e cuidado de hortas urbanas; e a contação de história “Contos de Bichos Daqui”, com Vivian Catenacci, perfeita para fazer com as crianças.

Ponto de encontro: Rua Augusta, 200, Consolação, São Paulo, SP.
Horário: das 9h às 12h30.
Inscrições aqui.

Terra Indígena do Jaraguá

Muitos conhecem o Pico da Jaraguá, ponto que pode ser visto de diversos lugares em São Paulo. Poucos, porém, conhecem a terra indígena que fica aos pés da montanha. Eis uma oportunidade! Faremos a trilha Tekoa Yvy Porã, com vivência na cultura Guarani e conduzida pelas lideranças locais. O roteiro inclui recepção na Opy, que é a casa de reza; caminhada pela Mata Atlântica; espaço de aprendizagem de criação de abelhas sagradas (sem ferrão); espaço de aprendizagem de armadilhas de caça Guarani; espaço dos Xondaros (dança e cantos Guarani); e encerramento com alimentação típica feita pela matriarca da aldeia.

Ponto de encontro: Estrada Turística do Jaraguá, 3377, Vila Jaraguá, São Paulo, SP
Horário: das 10h às 13h.
Inscrições aqui.

 

Parque Linear São José

No parque que fica às margens da represa do Guarapiranga, teremos uma atividade de monitoramento da qualidade da água, com a equipe do Observando os Rios, projeto que acompanha a qualidade da água em toda a Mata Atlântica. Também faremos a Trilha do Sagui; visita à casa de abelhas nativas sem ferrão; plantio de mudas e piquenique.  

Ponto de encontro: Rua Frederico René de Jaegher, 2760 Rio Bonito, São Paulo, SP.
Horário: das 9h às 12h30.
Inscrições aqui.

Parque Natural Fazenda do Carmo

Indo para a Zona Lesta da cidade, faremos neste parque a Trilha da Preguiça, que tem esse nome por ser casa de um simpático bicho-preguiça. Ali também teremos uma atividade de análise qualidade da água, e, para entender ainda mais a relação da floresta com a água, uma atividade de educação ambiental com a maquete dinâmica da mata ciliar. Para finalizar, piquenique!

Ponto de encontro: Estrada da Fazenda do Carmo, 350 Gleba do Pêssego, São Paulo, SP.
Horário: das 9h às 12h30.
Inscrições aqui.

Parque Villa-Lobos

Neste parque estadual que já recebeu outras atividades da SOS Mata Atlântica, incluindo o plantio de árvores nativas, faremos o roteiro da biodiversidade do Parque Villa Lobos, conhecendo de perto espécies do bioma. Os participantes que quiserem vão receber mudas de Grumixama-amarela, ou cereja amarela – uma espécie frutífera e nativa da Mata Atlântica.

Ponto de encontro: Av. Professor Fonseca Rodrigues, 2001 Alto de Pinheiros, São Paulo, SP
Horário: das 9h às 12h30.
Inscrições aqui.

Parque Trianon

Por último, mas não menos importante, voltamos ao parque no coração da Avenida Paulista, que foi “vizinho” da SOS Mata Atlântica por muitos anos. No Trianon teremos uma saída fotográfica, com fotógrafos experientes que darão dicas para fazer registros da natureza; uma caça às árvores guiada pelo aplicativo Natu Contos, que traz contos infantis e ilustrações sobre espécies da Mata Atlântica (recomendamos fazer o download antes da atividade); além de um momento de sensibilização e imersão na natureza.

Ponto de encontro: entrada principal do parque (acesso pela Av. Paulista).
Horário: das 9h às 12h30.
Inscrições aqui.

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não utilizaremos suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Enviaremos sempre os melhores materiais, convites e notícias.

Não utilizaremos suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Ajude a Fundação a conquistar mais resultados.

Fundação SOS Pro-Mata Atlântica

+55 (11) 3262-4088

Rodovia Marechal Rondon, KM 118

13312-000 - Bairro Porunduva – Itu/SP

57.354.540/0001-90

2021 © SOS Mata Atlântica