Confira a participação da SOS Mata Atlântica no Ato pela Terra

Confira a participação da SOS Mata Atlântica no Ato pela Terra

Evento aconteceu em Brasília na última quarta-feira, dia 09 de março, e reuniu mais de 230 organizações e 40 artistas

14 de março de 2022

Na última quarta-feira (09), a SOS Mata Atlântica esteve presente no Ato pela Terra – uma manifestação que reuniu ambientalistas e artistas contra projetos de lei que ameaçam o meio ambiente. Ao lado de mais de mais de 230 organizações e 40 artistas nos posicionamos contra o Pacote de Destruição que tramita no Congresso e buscamos por iniciativas que preservem nossa Mata Atlântica e todas as florestas brasileiras.

O Ato pela Terra foi um momento extremamente importante para o Brasil. Um momento de renovarmos as energias, de mostrarmos que estamos resistindo a todos os ataques à democracia, ao meio ambiente e, principalmente, à legislação ambiental brasileira”, explica Malu Ribeiro, diretora de Políticas Públicas da SOS Mata Atlântica. “Lutar pelo meio ambiente, lutar pelo que acreditamos nos torna vivos, nos torna humanos. O verde e o azul da nossa bandeira representam, além da paz e da sustentabilidade, a esperança de dias melhores. Foi por todos nós que estivemos lá em Brasília com a bandeira da SOS Mata Atlântica”, acrescenta.

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

 

Sobre as atividades do Ato pela Terra

Foto: Mídia Ninja

 

As atividades do Ato pela Terra começaram com uma audiência na Comissão de Meio Ambiente do Senado para discussões sobre formas de combater o desmatamento e as queimadas no país. Estiveram presentes diversos artistas, ambientalistas e lideranças indígenas, entre elas Txai Suruí, a única brasileira e a única indígena a discursar na abertura da mais recente Conferência do Clima (COP-26) para mais de 200 representantes mundiais.

No período da tarde, outro grupo, liderado pelo músico Caetano Veloso, foi recebido por ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Durante a conversa foi exposta a preocupação com os retrocessos ambientais promovidos pelo Congresso Nacional e pelo Governo Federal e solicitada prioridade no julgamento de processos ambientais. Também foi entregue aos ministros uma carta com as reivindicações e como forma de manifesto pelo meio ambiente.

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Na sequência o grupo foi recebido pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, do PSD, e por outros senadores. O principal objetivo era pedir apoio para que a casa não permitisse a continuidade do desmonte ambiental ao aprovar projetos que não estão em consonância com as populações tradicionais e com a manutenção de nossas florestas e de seus serviços ecossistêmicos.

Para encerrar o Ato pela Terra, os artistas e lideranças de entidades e ONGs discursaram e cantaram no gramado em frente ao Congresso. A SOS Mata Atlântica esteve presente com sua bandeira reafirmando nosso apoio ao movimento.

O Ato pela Terra pode ser revisto no link

Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não utilizaremos suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Enviaremos sempre os melhores materiais, convites e notícias.

Não utilizaremos suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Ajude a Fundação a conquistar mais resultados.

Fundação SOS Pro-Mata Atlântica

info@sosma.org.br

+55 (11) 3262-4088

Av. Paulista, 2073 - Horsa 1 - Conj. 1318

01311-300 - Bela Vista - São Paulo/SP

57.354.540/0001-90

2021 © SOS Mata Atlântica